VÁ E VENÇA!


Não tenho a menor pretensão de que esse seja um artigo de autoajuda, mesmo porque, se eu vou te ajudar, não é mais AUTOajuda, certo?


A minha idéia é apenas de dar uma mãozinha para quem tem a pretensão de prestar concurso ou processo seletivo (seja qual for), com coisas que para mim são absolutamente claras e lógicas (para outros nem tanto) e que podem te ajudar a chegar lá mais rápido.


Nesse artigo, vou te contar o que fiz para conquistar o meu sonho de passar no concurso para agente de polícia federal (um dos mais disputados do Brasil).


Sim, sonho! Nessa altura da minha vida, meu sonho, como eu disse, era ser Agente de Polícia Federal. E olha que eu estava com 30 anos de idade. Ou seja, já não era mais um garoto.

Sonhos são o motivo pelo qual vivemos. Só não tem sonhos quem já morreu.


Todos os seus feitos na vida, começaram a partir de um sonho. Se não o seu sonho, pelo sonho de alguma outra pessoa no qual você de alguma maneira se viu envolvido.


Até mesmo o que, para qualquer ser humano normal, seria considerado um pesadelo, posso afirmar que teve seu começou por conta do sonho de alguém.


Como policial que sou, afirmo, sem medo de errar, que até mesmo as ações criminosas mais abomináveis como assalto, tráfico, estupro ou terrorismo, tiveram início no sonho, ainda que delirante e doentio, de alguém em busca de mais dinheiro, prazer, fama ou todas as opções anteriores.


A famigerada, e hoje “politicamente incorreta”, Teoria de Lombroso[1], cita o sonho como fonte inicial do cometimento de crimes pelos “menos favorecidos” fisicamente, financeiramente e/ou socialmente. A grosso modo, a teoria diz que pessoas com certos padrões físicos e de camadas sociais mais pobres, cometem crimes para conseguir dinheiro com o objetivo final de realizar seus desejos sexuais junto à parceiros(as) que de outra forma seriam inacessíveis para elas.

Nossa! Você quer dizer que se eu for uma pessoa feia e pobre, me tornarei bandido para conseguir dinheiro para sair com alguém!? Que absurdo!


Não, nada disso! Se você for feio e pobre, a teoria de Lombroso, e não eu, diz que você tem um maior potencial para cometer crimes e assim juntar dinheiro para sair com pessoas que te atraem sexualmente.


Eu simplesmente tive que estudar essa teoria, entre outras, para poder fazer algumas provas de promoção de carreira dentro da Polícia Federal do Brasil. E, portanto, posso atestar que existe sim, um fundo de verdade, ainda que não absoluta, na teoria do italiano! Na verdade, pra não arrumar polêmicas desnecessárias, deixemos Lombroso no passado.


Mas voltando ao assunto, vou provar que qualquer um pode alcançar seus sonhos sem precisar cometer crimes, “passar a perna” ou fazer qualquer tipo de mal para quem quer que seja, simplesmente saindo da mediocridade.


Porém, antes de qualquer coisa, esclareço que a palavra “medíocre”, significa estar na média do espaço amostral ou grupo social do qual você faz parte. Portanto, se você é feliz sendo só mais um na multidão e não tem ambições de crescimento social, profissional, intelectual...parabéns para você! Nem perca mais tempo lendo esse artigo!


Preparado para o que vou dizer?


Para sair da mediocridade e atingir qualquer objetivo de vida, é só aplicar uma fórmula. Essa fórmula é composta por quatro variáveis: sonho, determinação, dedicação e disciplina (Obj = S*3D).


No próximo artigo, vou te ajudar a enxergar o caminho, mas lembre-se: só você pode trilhá-lo!


Não consigo te empurrar, mas tão somente te inspirar.

[1] O médico italiano Cesare Lombroso, fundador da chamada antropologia criminal, procurou demonstrar que alguns atributos físicos e psicológicos concebia o criminoso como um indivíduo distinto dos demais.

MD1 LEAD

Quem somos

Siga-nos:

Instagram

facebook

Fale conosco:

contato@md1lead.com

United States of America